Ajudar as crianças a explorarem sua imaginação pode ser o objetivo de aprendizagem mais importante que você pode implementar.

  1. Confie no processo

Os pais e as crianças podem estar se concentrando demais no resultado final, dizem especialistas.  Ou você tem que acabar com uma bela obra-prima ou o resultado falhou. Se você está desenhando uma casa, ela tem quatro paredes e um retângulo. Isso é muito limitado! Há um milhão de tipos de casas no mundo! Se você vê beleza no processo, ele se torna muito mais divertido.

  1. Pergunte tudo

Passe algum tempo com uma criança em idade pré-escolar e você veráelas são especialistas em perguntar por quê? Por quê? Por quê? À medida que elas vão crescendo, tendem a parar com os questionamentos e, em vez disso, a ligar o piloto automático. Ajudar seu filho a preservar esse senso de pesquisa é crucial para uma mentalidade criativa, dizem estudiosos.

A criatividade é sobre não aceitar as coisas como são, trata-se de saber como poderiam ser melhores. Podemos olhar para um brinquedo e perguntar aosnossos filhos: Como você acha que o brinquedo foi feito? Se ele disser que começou como um pedaço de plástico, a próxima pergunta deve ser:O que você acha deles? Estimule sempre os questionamentos.

  1. Faça ser engraçado

Se você tem um bom senso de humor, você já é altamente qualificado em olhar as coisas de maneiras alternativas – uma marca de pensamento divergente. O humor deixa as crianças praticarem de forma divertida. Os enigmas e as piadas podem levar as crianças ao modo de respostas múltiplas.

  1. Dê a eles um começo

As crianças muitas vezes acham uma página em branco intimidante. Então, forneça uma pequena estrutura e dê um passo para trás. Sente-se no computador e comece a digitar as primeiras palavras no topo de da página branca. Deixe muito espaço para que as crianças preencham o resto e depois ilustrem. Isso faz com que ela elabore suas idéias, sendo criativas.   

  1. Solicite sua ajuda com problemas

As ideias mais criativas não são apenas novas, elas são úteis. Então, solicite a ajuda do seu filho: que tipo de brinquedo podemos fazer para o cachorro? O que podemos fazer sobre a reciclagem do lixo que sempre está transbordando da lixeira? Façam uma tempestade de ideais, depois programem juntos, dando aos seus filhos a prática de solução de problemas. Envolver as crianças em seus próprios esforços diários também pode ajudá-las a ver que a criatividade está em todos os lugares.

  1. Seja um Modelo 

Alguns pais estão muitas vezes imersos em seus próprios projetos ao lado das crianças. Muitos estão sempre fazendo móveis de casas de boneca e alimentos em miniatura. Na área de costura, um artista trabalha em uma colcha elaborada por semanas. E se uma criança vê um artista fazer algo, ela pode querer tentar também. Você pode fazer o mesmo em casa. Sente-se e trabalhe ao lado de seu filho, ou se entusiasme com o seu último projeto de acabamento de móveis. Deixe-o assistir, fale sobre o que você está fazendo, encontre formas de compartilhar o que você ama.

      7. Exponha-o a diferentes pontos de vista 

Ver diferentes pontos de vista permite que você olhe o mundo de novas maneiras, dizem especialistas que estudama criatividade em crianças. Essa perspectiva pode resultar em novas ideias, fazendo você questionar seus pressupostos. Ler um livro sobre uma cultura diferente pode dar às crianças uma nova perspectiva. Estudiosos sugerem aos pais que peçam aos seus filhos para colocarem os sapatos do personagem. Em breve você começará a ver a criatividade que vale a pena compartilhar em todos os lugares.

  1. Deixe lacunas em seu horário 

As crianças precisam de tempo no seu dia para se envolver em atividades de sua própria escolha, afirmam pesquisadores. A atividade mais enriquecedora pode não ser outra rodada de aulas de línguas, mas, sim, mexer em uma pilha de folhas. As crianças que passam mais tempo em atividades de forma livre são mais capazes de estabelecer seus próprios objetivos e ter atitudes para atendê-los sem pressionar os adultos, de acordo com estudos.

Agora, essa é uma habilidade para toda a vida! Isso pode significar que você precisa ser firme diante das palavras de como: ‘Estou entediado’. O tédio encoraja a sonhar acordado, um estado em que a mente erra e permite que você olhe as coisas de novas maneiras. Outro trabalho relacionado ao tema mostrou, por exemplo, que os sujeitos que foram convidados a ler uma lista telefônica em voz alta, tiveram mais ideias para usar copos descartáveis depois desse teste clássico de pensamento divergente em comparação com aqueles que não tinham passado por essa tarefa estressante. Pense no tédio ocasional como recesso para o cérebro do seu filho.

  1. Apoie suas paixões 

As grandes conquistas criativas da vida – um novo concerto, uma teoria inovadora sobre como acabar com o aquecimento global – exigem um longo aprendizado para o qual você precisa desenvolver uma profunda especialização. É necessário paixão para alimentar essa persistência. A criatividade vem da motivação. Isso acontece apenas quando você sente prazer em fazer alguma coisa. Por isso, exponha seu filho a muitas atividades – balé, programação de computadores, entre outras – para ver se ele encontra algo que o atrai. Se ele se apaixonar pela robótica, encontre maneiras de encorajar seu entusiasmo, essa paixão poderá mudar a vida dele.